pc@paulopneumo.com.br    |   

Ter um nódulo no pulmão é sinônimo de câncer?

O pulmão é um órgão vital para o ser humano, e qualquer anomalia pode causar imenso nervosismo. Uma das principais fontes de preocupação é quando um exame aponta a presença de um nódulo no pulmão. Afinal, isso significa que o paciente está com câncer?

A resposta é: nem sempre. Apesar de uma incidência relativamente alta, os nódulos pulmonares raramente são malignos. No entanto, mesmo que o nódulo tenha caráter benigno, é preciso continuar acompanhando a evolução dele para garantir que não irá evoluir e oferecer riscos para a saúde do paciente.

É importante saber que, quanto maior o nódulo, mais chances dele ser maligno. Outro fator que favorece a malignidade é a calcificação. Quanto menos calcificado, mais provável de ser um tumor maligno.

A existência do nódulo pode ser cicatricial, geralmente oriunda de infecções anteriores. Ou pode ser indicativo de uma nova infecção que demanda tratamento médico. Infecções causadas por fungos ou a tuberculose formam nódulos que são identificados em exames de imagem. Os nódulos em si costumam ser assintomáticos, e os sintomas estão ligados às doenças que originam a lesão.

O acompanhamento da evolução do nódulo é fundamental para avaliar a gravidade do quadro e definir qual a conduta médica adequada.

Fonte: Medical Site

08 de Abril de 2021

Agende sua consulta!