pc@paulopneumo.com.br    |   

Coronavírus, o vírus misterioso que causa doença pulmonar

Um vírus até então desconhecido pela ciência vem causando uma doença pulmonar grave, que já infectou centenas de pessoas e causou algumas mortes. Supõe-se que o surto teria começado em meados de dezembro de 2019, na cidade de Wuhan, região central da China.

Embora ainda não haja muitas informações sobre a epidemia, autoridades da China e da Organização Mundial da Saúde afirmam se tratar de uma mutação do coronavírus - da mesma família que causa a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars, no inglês). Em 2002, a Sars infectou 8.098 matou mais de 774 pessoas.

Os coronavírus representam uma ampla família, mas até onde se sabe, apenas sete espécies, contando com a nova descoberta, são capazes de infectar humanos. O contágio acontece pelo contato com pacientes e animais selvagens vivos infectados - o que inclui galinhas, morcegos, coelhos e cobras como as fontes mais prováveis. A nova infecção pode causar desde um resfriado comum até a morte do indivíduo - o que gera uma certa preocupação, mas a boa notícia é que os sintomas não parecem ser tão graves quanto os da Sars.

A inquietação agora é sobre o vírus se espalhar para outros países. Os principais aeroportos já lançaram mão de uma forma de fazer o diagnóstico ali mesmo, no embarque: scanners de temperatura que identificam as possíveis vítimas.

 

Por enquanto, o momento é de cautela. A comunidade científica alerta para qualquer vírus que chegue aos humanos pela primeira vez, pois é um sinal que este microrganismo superou a primeira grande barreira para se multiplicar e se espalhar, tornando-se mais letal. No entanto, as autoridades estão empenhadas em identificar o animal reservatório para descobrir onde agente infeccioso vive e se multiplica. Até pela forte memória da Sars, os especialistas se dizem muito mais preparados para lidar com o quadro.

Fonte: Medical Site

06 de Fevereiro de 2020

Agende sua consulta!